O que é o M.A.L..

Não vai ter copa!!

Pesquisa sobre o anarquismo.

2 de mai de 2012

V Especial Primeiro de Maio:

Amor e Ódio às Autoridades

Existem indivíduos que sabem fazer bem alguma coisa, devem ser respeitados em sua atividade quando esta traz benefícios para a sociedade. O progresso se dá assim, eu sou bom nisso, você é bom naquilo, cada um faz, de forma cooperada, o que sabe fazer e todo mundo sai ganhando...

Contudo este espaço que concedemos a quem sabe, a quem tem o domínio sobre a técnica e a intenção de trabalhar aquilo por todos é um lugar de conforto e responsabilidade. Ou nada mais que um valoroso e comum lugar na sociedade, todo mundo sabe fazer alguma coisa.

Todos têm o direito de fazer por todos aquilo que faz de melhor, e ser respeitado por isso! Todos devem ter sua legítima autoridade..

Autoridade? Uma palavra perigosa, existem pessoas, os verdadeiros vagabundos, que não se contentam no espaço do seu trabalho legítimo e outorgam para si uma autoridade, que muitas vezes institucionaliza-se e coloca-se como incondicional e coisa e tal... Se autodenominam autoridades. Isto é um insulto a quem por competencia merece aquele espaço que foi tomado.

Sempre que alguém outorga-se autoridade para além de suas habilidades retira este espaço de quem o merecia, nas outras vezes são espaços forjados, que ninguém poderia ocupar.

Autoritários, assim gosto de chamar estas pseudo-autoridades, verdadeiros parasitas da sociedade, vagabundos maquiavélicos travestidos de bom moço.

Em respeito aos trabalhadores, anarquize-se!

Nenhum comentário: